segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Quem eu Sou?

Tudo, sem ser nada demais
vazia até ao tutano!
não há nada, ninguém.
E eu quero, como tudo o que fui,
desaparecer também...


Helena Correia

Recanto das Letras
Código do texto: T3851509

Nenhum comentário:

Postar um comentário